Queridos amigos!

Sejam bem vindos!



sábado, 29 de maio de 2010

Criação dos nossos filhos

Oi meus queridos!!
    Só consegui vir postar agora! Meu filhote está enjoadinho esses dias então estou me dedicando muiiiiito a ele. Não vejo a hora dele voltar a comer bem!

   Vim para anunciar que a Mari O. foi a ganhadora dos 5 pontos referente ao comentário especial do post do dia 27/05! Gostei muitode ler  os comentários! E cheguei a uma conclusão: somos muito parecidas!!! O que não nos falta é amor para dar aos nosso filhos! Amanhã volto para anunciar quem ganhou os pontos referentes ao post do dia 28/05.

   Perguntinha:
   Eu como a maioria da mamães penso muito sobre qual a melhor forma de educacar meu filho? Qual a melhor forma para criá-lo? E confesso que as vezes fico perdida! E vocês como se sentem com relação a isso? Concordam com a frase:

        Criar um filho significa, basicamente, ensiná-lo a passar sem nós. (autor desconhecido)

Beijinhos e bom domingo a todos!
Mirian CS
 

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Sim!!!
    AS crianças não nascem sabendo e educação, disciplina, bons modos, organização ... são coisas que se aprendem em casa, a escola apenas reforça o que nós pais temos obrigação de ensinar. As crianças precisam aprender mais do que certo e errado, precisam de exemplos de vida mesmo, como vão poder se virar sozinhos se não souberem fazer nada? Como vão valorizar as coisas se não souberem o valor delas?Precisam desde de cedo aprender a organizar seu quarto, seus brinquedos, saber que manter tudo organizado dar trabalho, então vão aprender a fazer menos bagunça, kkk, e a valorizar o nosso serviço de casa!!!
    Aprender aos poucos a se virar na cozinha também é uma boa, dar mais segurança para no dia que precisarem viajar sozinhos,por exemplo,experiência própria, quando casei não sabia nem fritar um ovo, kkkk, hj tento fazer diferente com os meus filhos, até porque mesmo contra nossa vontade, não poderemos está ao lado dos nossos filhos sempre, né, então eles precisarão sentirem - se seguros quando essa hora chegar!!
    Bjs
    giulia_melo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Educar, uma tarefa que a cada dia aprendo mais, e descubro que o que serve pra um pode não servir para outro.
    Acredito que dar exemplo é a melhor forma de educar, ensinar princípios como respeito, amor, gratidão é essencial para formarmos um caráter correto em nossos pequenos.
    Dar amor incondicional, conversar e seguir o nosso coração de mãe acredito ser o caminho correto, porque nosso coração nos mostra até como e quando punir.
    Estou no começo dessa jornada e a cada dia aprendo uma coisa nova sobre o meu Miguel e como lidar com cada vonatde dele.
    Meu pai sempre disse que temos que criar nossos filhos pro mundo e por mais difícil que isso seja é a mais pura verdade, temos que educar de forma que sejam seguros o suficiente para encarar as situações da vida e humildes o suficiente a ponto d epedir ajuda quando aparecer algo que fuja do controle deles.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Pri
    pri.saoud@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ahhh que lindo, a ganhadora fui eu, ihuuulll!!
    =)

    Resposta de hoje:
    Quando engravidei do Bernardo pensava que a delícia de ser mãe. era ganhar uma criança em branco e molda-la da forma como achávamos melhor.

    Fiz tantos planos, tantas idéias pré concebidas, tantas coisas eu li, tantos estudos. Porém, com a passagem do tempo comecei a “dar com a cara” na parede diversas vezes. O parto que eu achava melhor ser normal, virou cesárea para poder ter meu namorado perto, a amamentação que eu sonhava ser exclusiva não deu pra ser assim, sofri muito, como eu, logo eu que não comprei nenhuma mamadeira na gravidez não consegui amamentar meu filho sem complemento? E daí pra frente, tantos outros ideais foram caindo água a baixo, não tive coragem de deixa-lo dormindo sozinho no quarto dele desde a primeira noite, tive que introduzir frutinhas aos 3 meses porque ele não gostava de LA. Enfim, tantas teorias e idéias caíram por terra que em uma noite de choro, de medo, de insegurança materna eu decidi que o que importaria dali pra frente seria nossa felicidade. E assim vamos caminhando diariamente, sem idéias fixas, sem livros para seguir. Vou observando meu filho e vou sabendo como agir. Errar? Sim, vou errar muitas vezes, já errei muitas vezes, mas até mesmo nos erros vamos aprendendo. Quando nasce um filho, nasce também uma mãe e da mesma forma com a qual o filho precisa aprender a viver, a ser inserido na sociedade, nós mães, precisamos aprender a ser mães. É um aprendizado diário, é algo que aprendemos juntos, vivenciando. Vamos errar diversas vezes, vamos nos arrepender de muitas coisas e pode até ser que esses erros tenham conseqüências maiores. Mas uma coisa que aprendi nesses longos 8 meses que tenho meu filho do meu lado é que não importa o quanto a gente tente ser perfeita, as vidas dos nossos filhos não serão perfeitas, a vida de ninguém é perfeita e embora a gente queira acertar sempre, nossos filhos são gente, vão ter suas dores, seus traumas, seus medos, seus defeitos, como nós temos medos, defeitos e dores e também tivemos mães. Dessa forma, percebo que o melhor é caminhar juntos, pois podemos errar com eles e eles também vão errar com a gente, mas com amor, cumplicidade e carinho, aprendemos uma melhor forma de construir uma criação e de guiar esses pequenos seres na vida, não de uma forma perfeita, mas de uma forma digna, humana.


    Mas a delicia de ser mãe, hoje, ao meu ver é ver um pedaço de nós, carne de nossa carne, ganhar vida e descobrir o mundo.

    beijos

    mari_e_be@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Eu acredito que criar filhos e algo mais do que ensinar a viver sem nos e formar homens e mulheres com atitude para saber o que e certo e errado , porque se estiverem com a gente ou não isso e que vai fazer a diferença para eles ,pra toda a vida. mais sei tb que e muito dificio fazer isso o meu filho tem 3 anos e ate hoje olho pra ele e fico pensando , eu tenho um filho e o que eu vou ser pra ele , e o que vou passar pra ele meu Deus . como e dificio.
    tatiane_liveira@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Apartir de agora comentários só valerão pontos no post do dia 30/05!

    ResponderExcluir
  7. Acho que educar é uma tarefa complicada mesmo,já que não existe fórmula e nem receitinhas.Existe sim o bom senso e o amor que cada um de nós traz de nossa essência(família) e todo o aprendizado que a própria vida nos encarrega de dar.O certo é, que a gente sempre quer o melhor para os nossos amados filhos e na tentativa de acertar ,muitas vezes, cometemos alguns erros.
    Mas o importante é continuar nessa batalha
    de formar meninos e meninas em verdadeiros homens e mulheres honestos,educados,generosos e com dicernimento para o bem e o mal.
    Bjos á todas.
    Bete

    bete_feitosa@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  8. O da Bete eu vou considerar pois ela estava escrevendo simultâneamente ao meu comentário!

    ResponderExcluir
  9. Ah... tava tentando atualizar e perdi a chance!
    Mas vou deixar assim mesmo minha opinião...

    ***Criar filhos é uma benção, mas não exitem só flores...
    Crianças precisam ser criadas em um ambiente de amor, felicidade, atenção e disciplina!
    Elas aprendem com muita facilidade sobre tudo que lhes é apresentado... com isso, bons ensinamentos e amor são fundamentais!

    Priscila Miquilito

    ResponderExcluir
  10. Todos os autores dos comentários desse post já estão na lista para o sorteio de junho. Comentários a partir de agora não entraram na lista para o sorteio desse mês.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget